h1

De porcelana

agosto 18, 2011

A poeira sobre a minha pele incomoda. Muito tempo guardada no armário não fez bem para a minha alva pele. Já comecei a descascar. Preciso de mais que um banho. Talvez uma nova pintura.  Quem sabe assim fico mais satisfeita, com a coragem renovada. Preciso encontrar a minha nova dona. Voltar a ser amada.

Preciso voltar a sentir os braços quentinhos a me abraçar. Enquanto isso eu espero. Com a mesma esperança de uma criança que aguarda a chegada da sua boneca. Eu e a criança estamos guardadas uma para a outra, eu aqui nesse armário, empoeirada e a criança que aguardo, ainda no ventre daquela que já me amou como filha.

 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: